Últimas Notícias do Fluminense

Conmebol bate o martelo e rival do Fluminense pode ser prejudicado na Libertadores

Na última segunda-feira (25), a Conmebol realizou uma tour no Estádio Monumental David Arellano, do Colo-Colo, com o intuito de supervisionar e entender se o local está apto para receber jogos da Copa Libertadores da América. Vale ressaltar que a equipe está no Grupo A, ao lado de Fluminense, Cerro Porteño e Alianza Lima. Por isso, a visita gerou um alerta ao Tricolor.

A expectativa é que a Conmebol forneça um posicionamento as próximas horas, aprovando ou não os desafios no estádio. O Fluminense vem acompanhando de perto a resposta, considerando que no dia 9 de maio, às 21h, pela 4ª rodada viaja para encarar o Colo-Colo na competição continental. Assim, teria que mudar a rota, dependendo da resposta da entidade.

Neste primeiro momento, o Monumental David Arellano está vetado, levando em consideração a situação do gramado. Por isso, o confronto entre Colo-Colo e Fluminense segue sem grandes informações na tabela disponibilizada sobre a fase de grupos. A equipe carioca chega motivada para o duelo, especialmente por poder considerar que não caiu em um grupo da morte.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense acompanha possível resolução na Libertadores

A visita realizada pela Conmebol para a Libertadores foi feita pelo emissário argentino Ángel Sabio, ainda contando com a presença dos dirigentes do Colo-Colo Daniel Morón e Alejandro Paul. “Ele passou bastante tempo no campo. Mediu a espessura, percorreu todos os setores, viu a área dos gols. Foi um passeio muito minucioso”, explicou Daniel na TNT Sports do Chile.

Considerando que o confronto no estádio está previsto apenas para o dia 9 de maio, pela 4ª rodada do Grupo A, há grande chance de que o problema seja resolvido. No entanto, pensando na estreia diante do Cerro Porteño, no próximo dia 3, é possível que o local não seja autorizado. Assim, o Nacional e o Santa Laura, em Santiago, se tornam opções.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo