DestaquesÚltimas Notícias do Fluminense

Confirmado: Diniz não vai disputar mais jogos oficiais pela seleção brasileira

Antes da Copa do Mundo de 2022, o ex-técnico da Seleção Brasileira, Tite, já havia anunciado que não ficaria no Brasil para os próximos ciclos da seleção, independentemente do resultado que ocorresse no Catar. Após a eliminação para a Croácia, isso se concretizou, deixando o Brasil sem técnico.

Após muita especulação em seu planejamento, o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, anunciou Fernando Diniz para o início das eliminatórias, o que chamou muita atenção na época, já que Diniz ainda comandaria em conjunto o Fluminense com a Seleção e apesar de um início promissor, o Brasil se complicou, registrando diversos resultados ruins.

Nas duas últimas datas FIFA, por exemplo, o treinador não conseguiu vencer, somando apenas 1 ponto em 12 possíveis. Fernando Diniz finalizou seu ciclo em jogos oficiais de forma melancólica, com duas vitórias, um empate e três derrotas. Embora ainda haja um longo caminho para a Copa do Mundo de 2026, o treinador não comandará mais a Seleção em jogos oficiais.

CBF confirma fim de ciclo de Diniz 

Querendo superar as marcas negativas com o Brasil, muitos ainda acreditam que o treinador pode ter um futuro promissor, assim como aconteceu com o Fluminense. No entanto, devido ao planejamento confuso da CBF, Diniz teve seu futuro em jogos oficiais selado na última terça-feira (21) na derrota por 1×0 diante da Argentina.

Isso ocorre porque, mesmo com contrato até o meio do semestre de 2024, o treinador brasileiro ficará à frente apenas de dois amistosos com o Brasil na data FIFA de março, confirmados contra a Inglaterra e a Espanha, ambos os jogos na Europa. Após isso, segundo Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, Carlo Ancelotti, atualmente no Real Madrid, assumiria.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fernando Diniz dará lugar nos amistosos de junho e na Copa América, onde Ancelotti já deverá comandar o Brasil para o restante do ciclo em busca da Copa do Mundo de 2026 e da Copa América de 2024. Entretanto, até o momento, o treinador italiano desconversou sempre que foi perguntado sobre comandar o Brasil.

Na teoria, Fernando Diniz não comandará mais o Brasil em jogos oficiais, pois as eliminatórias também só retornarão após a Copa América. Todavia, sem muita transparência com o torcedor sobre o futuro da Seleção, a CBF ainda deixa muitas dúvidas sobre o futuro comandante do Brasil.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo