Últimas Notícias do FluminenseDestaquesFluminense na Sul-AmericanaJogos e Partidas do Fluminense

Clima esquenta entre Diniz e Cano após demissão do treinador

Treinador teve sua demissão sacramentada após derrota para o Flamengo

Na tarde desta segunda-feira (24), a diretoria do Fluminense decidiu oficializar a demissão do técnico Fernando Diniz. Perdendo gradativamente o apoio dos torcedores, o treinador também viu seu nome deixar de ser unanimidade nos bastidores tricolores. Potencializando a falta de entrosamento com os atletas, o comandante desmentiu informações passadas por Germán Cano. 

Vivendo uma de suas piores temporadas em termos de participações a gols, o argentino tem deixado a desejar nas quatro linhas. Antes do confronto diante do Flamengo, o centroavante alegou estar enfrentando fortes dores no joelho, o que explicaria as oscilações. Todavia, Diniz fez questão de negar a justificativa do craque para seu baixo rendimento em 2024. 

“Ele não tem mais o problema no joelho, já faz tempo. Ele não está jogando no sacrifício. Fisicamente, o relato do Cano é de que ele está 100%”, afirmou o ex-treinador do Fluminense em coletiva de imprensa no último domingo (23). 

De modo geral, Germán Cano disputou 23 partidas ao longo da atual temporada, tendo contribuído com cinco gols e duas assistências. Ao ser questionado sobre a falta de pontaria e dinâmica de jogo, o centroavante argentino colocou em evidência um problema ainda preocupante.

“Tenho trabalhado no meu joelho todos os dias, com o departamento médico, para reforçá-lo, porque nunca tive uma lesão desse jeito. Fica difícil porque estou pensando no jogo, mas também no meu joelho, para que não aconteça nada grave. Estive trabalhando e focado no que quero fazer dentro de campo. Pouco a pouco, essa dor que sinto não vai voltar mais. Claramente, não estou 100%. Minha cabeça também pensa no joelho. É normal, todo mundo sente dores”, disse o camisa 14. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense se despede de Diniz 

“O técnico Fernando Diniz deixou o comando do Fluminense FC nesta segunda-feira. 

Diniz deixa como legado desta sua passagem não somente alguns dos títulos mais importantes da história de nosso clube, conquistados em 2023 e 2024, mas também o legado de um trabalho muito bem-sucedido em sua primeira etapa de sua atual passagem, ensinamentos importantes sobre sua maneira de entender o futebol e uma visão humanística que no todo trazem enorme contribuição a este esporte.

O Fluminense, em nome de seu presidente, sua diretoria e seus funcionários, agradece a Diniz e deseja muito sucesso em sua carreira, sempre.

O auxiliar-técnico permanente Marcão estará à frente da equipe no jogo desta quinta-feira, contra o Vitória, no Maracanã.

O Fluminense precisa de todo apoio do torcedor. Este é um momento que pede união de todos em torno do objetivo maior de retomarmos o caminho das vitórias”, publicou o Tricolor das Laranjeiras em suas redes sociais. 

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo