Fluminense na LibertadoresDestaquesFla-FluÚltimas Notícias do Fluminense

Cheio de lama gramado do Maracanã pode ser vetado pela Conmebol

As recentes disputas judiciais envolvendo o Maracanã têm gerado preocupações indiretas para o Fluminense, principalmente em relação ao estado do gramado do estádio, que pode impactar as competições em que o clube está envolvido.

A briga entre Fluminense e Flamengo para evitar que o Vasco realizasse seu jogo no Maracanã devido às más condições do gramado refletiu a preocupação de que a intensa utilização do estádio por diversos clubes esteja afetando negativamente a qualidade do campo.

A forte chuva durante o jogo do Vasco contra o Atlético MG resultou em áreas lamacentas no gramado, causando irritação entre os clubes que administram o estádio, já que o Vasco anteriormente não iria jogar no Maracanã.

Maracanã gera preocupações para decisões

A gestão do Maracanã, feita em conjunto por Flamengo e Fluminense, identificou áreas preocupantes do gramado, incluindo a área dos goleiros e a área técnica dos treinadores. Essa situação levanta preocupações para o Fluminense, que tem um importante jogo pela Libertadores marcado para o estádio.

A Conmebol já havia feito críticas ao campo do Maracanã após uma partida entre Flamengo e Olimpia, o que levanta a possibilidade de que o Fluminense também possa ser alvo de punições por parte da organização continental devido às condições precárias do gramado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A gestão do Maracanã planeja realizar um tratamento de recuperação do gramado, envolvendo corte, limpeza e aplicação de produtos químicos para fortalecer a grama. Além disso, a avaliação sobre a aplicação de nutrientes como fósforo, nitrogênio e potássio será feita para auxiliar no crescimento das folhas e raízes da grama.

Embora a interdição do estádio seja improvável, o Fluminense poderá enfrentar multas por parte da Conmebol devido à condição do gramado. Assim como ocorreu com o Atlético MG no Mineirão, onde também foram aplicadas multas pelo estado do campo.

Todas essas preocupações refletem as complexidades e desafios enfrentados pelo Fluminense e outros clubes que utilizam o Maracanã como sede de seus jogos, destacando a importância da manutenção adequada do estádio para garantir a integridade das competições.

Leonardo Simões

Trabalhar com futebol é algo que hoje é minha maior realização, por mais que em outras áreas eu tenha uma boa qualidade é no futebol que eu me identifiquei.Também sou apaixonado por basquete e sempre tento acompanhar todas as ligas, sendo bem antenado a acompanhar diversos esportes além do futebol.Antes de trabalhar com futebol fiz diversos trabalhos, sendo de atendente em shopping até vendedor em televendas, e principalmente após começar a faculdade de jornalismo decide rumar para a área esportiva.
Botão Voltar ao topo