Últimas Notícias do FluminenseFluminense na Libertadores

Cano humilha Gabigol e está pronto para acabar com a vida de Pedro

Argentino tem números surpreendentes na Libertadores

Em toda competição os times entram para brigar pelo título. No entanto, alguns jogadores são premiados com feitos particulares e Germán Cano está perto de fazer história. Em resumo, o argentino pode humilhar Gabigol e Pedro e se tornar o maior artilheiro de um edição de Libertadores nas últimas duas décadas.

Após dez partidas realizadas na Conmebol Libertadores, Cano mostra aos rivais o motivo de ser peça fundamental no Fluminense. Sobretudo, o atacante marcou 11 gols e contribuiu com uma assistência, totalizando uma média de 1,2 participação a gol por duelo. Caso estufe as redes mais duas vezes, o argentino será o maior artilheiro do copa continental em 20 anos.

A princípio, com 11 tentos marcados na competição, Germán Cano se igualou a Gabigol. No entanto, o camisa 14 do Fluminense pode empatar com Pedro, que em 2022 estufou as redes adversárias em 12 oportunidades. Tendo o duelo da volta das semifinais contra o Internacional e a possível final, o atacante tem chances reais de entrar para a história da Conmebol.

Na Copa Libertadores de 2023, Cano vitimou quatro times diferentes. Assim, o jogador de 35 anos balançou as redes de Internacional, Olimpia, Sporting Cristal e River Plate. Confira abaixo os embates:

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

  • Sporting Cristal 1 x 3 Fluminense (2 gols)
  • Fluminense 5 x 1 River Plate (3 gols)
  • Fluminense 1 x 1 Sporting Cristal (1 gol)
  • Fluminense 2 x 0 Olimpia (1 gol)
  • Olimpia 1 x 3 Fluminense (2 gols)
  • Fluminense 2 x 2 Internacional (2 gols)

Cano rumo à glória eterna

Após empatar em 2 a 2 na primeira partida da semifinal da Libertadores, o Fluminense terá novo embate contra o Internacional. Nesta quarta-feira (04), o Tricolor das Laranjeiras viaja ao Rio Grande do Sul para confrontar o Colorado no Beira-Rio, às 21h30 (Horário de Brasília).

Com o resultado empatado no primeiro duelo, qualquer vitória no jogo da volta garante a passagem para a grande final da competição continental. Por outro lado, caso o empate persista no tempo normal, o finalista será decidido por meio das penalidades.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo