Últimas Notícias do FluminenseDestaquesEx-Jogadores e Ídolos do FluminenseFluminense no BrasileirãoJogos e Partidas do FluminenseMercado da Bola do Fluminense

Cano fica inconformado e chora copiosamente após acontecimento no Fluminense

Camisa 14 foi amparado por colegas e ex-treinador

Após nova derrota no Campeonato Brasileiro, os torcedores do Fluminense comemoraram a rescisão contratual de Fernando Diniz. No entanto, segundo o jornalista Caio Blois, o clima nos bastidores tricolor foi de profunda melancolia, sobrando inclusive para Germán Cano. Enquanto se despedia do comandante, o argentino chorou copiosamente ao agradecer por seu comprometimento nas Laranjeiras.

Apesar de acumular seguidos tropeços na temporada, Fernando Diniz não teve sua saída decretada de forma unânime. A princípio, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, chamou para si a responsabilidade de demitir o treinador multicampeão. Em contrapartida, a informação foi divulgada primeiramente por via imprensa, pegando os jogadores de surpresa.

“Entre os atletas, o mais emocionado era Cano, que chorou copiosamente durante a última conversa com o seu ex-comandante. Após o fim do papo, Cano continuou imóvel e aos prantos por aproximadamente 40 minutos. Diniz acudiu o argentino e conversou por mais tempo com ele”, escreveu Caio Blois.

A relação entre atleta e treinador sempre foi reverenciada nascoletivas de imprensa. Por meio de suas redes sociais, o camisa 14 fez questão de publicar uma foto com Fernando Diniz, onde evidencia a amizade da dupla para além dos treinos do Fluminense. “Obrigado por tudo, professor (AMIGO)!”, escreveu Germán Cano.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Confira algumas homenagens dos jogadores do Fluminense

“Ídolo, Fernando Diniz, muito obrigado! Obrigado por sua vida, por sua dedicação, por sua comissão. Obrigado por tudo. Mis do que o futebol eu amo sua vida. Sem dúvida nossa amizade transcende futebol. Deus te abençoe grandemente. Seguimos daqui”, postou Felipe Melo.

“Obrigado por tudo, Chefe! Tenho uma admiração enorme pelo senhor”, publicou John Kennedy.

“Professor, muito obrigado pelos ensinamentos. Você me fez ver o futebol de outra maneira. Fico muito feliz de ter trabalhado contigo antes de parar de jogar futebol. Vivemos coisas incríveis e ganhei um amigo pra VIDA. OBRIGADO!!!”, escreveu Marcelo.

“Obrigado por tudo, Professor! Deus te abençoe sempre”, disse Lelê.

“Professor, juntos compartilhamos sonhos e juntos realizamos. Obrigado pelo crescimento profissional e pessoal. Tive o privilégio de conhecer um cara humano, família, estudioso, dedicado ao trabalho e principalmente ao ser humano. Você é diferenciado. Deus no controle sempre. Conte comigo. Gratidão. Um grande abraço”, externou Fábio.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo