Últimas Notícias do Fluminense

Cano chega ao limite e está incomodado com situação no Fluminense

Germán Cano foi anunciado pelo Fluminense ainda na temporada de 2022, e não demorou para cravar seu posto como ídolo. Assim, para a torcida, é fácil pensar no atleta como a solução para os problemas, especialmente no quesito gols. Contudo, o profissional não marca há 31 dias, garantindo certos questionamentos e uma insatisfação ao próprio jogador.

Em 2024 o maior artilheiro do futebol nacional nas últimas duas temporadas (44 gols em 2022 e 40 em 2023), só balançou as redes em cinco oportunidades. Em comentários ao ‘ge’, os profissionais do Grupo Globo avaliaram os possíveis motivos para a “seca” do jogador. De acordo com Jéssica Cescon, a ausência de gols pode estar relacionada com o momento instável do time.

“O Fluminense passa por um momento instável coletivamente e isso tem afetado, dentre outros aspectos, a criação das jogadas. Consequentemente o ataque passou a receber menos a bola em situação de conclusão do que costumava receber. Nem sempre a jogada chega limpa, em triangulações pelo chão, como foi a característica do time campeão da Libertadores”, revelou. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fluminense busca reverter problemas na temporada de 2024

No entanto, a profissional não parou por aí e comentou sobre a continuidade do Fluminense: “Além disso, por causa do momento que testa a capacidade do conceito de jogo antes sólido do time, a confiança individual dos jogadores também é atingida. Assim como vemos mais erros na saída de bola aparecerem, o atacante perde mais gols”, comentou.

O clube realmente se desdobra entre altos e baixos, especialmente com as ausências que se estão ou estiveram em tratamento no departamento médico do time, algo que se tornou um problema na temporada de 2024. Ainda assim, o Fluminense consegue completar resultados positivos, e já se classificou para as oitavas de final da Copa Libertadores, e para a próxima fase da Copa do Brasil.

Isadora Reis

Estudante de jornalismo, torcedora assídua do futebol nacional e apaixonada por escrever sobre esportes.
Botão Voltar ao topo