Últimas Notícias do Fluminense

Cano bate incrível marca e se iguala a Pelé

Argentino entra em grupo seleto de estrelas

É impossível negar o protagonismo de Germán Cano com a camisa do Fluminense. Em sua segunda temporada com as vestes tricolores, o argentino faturou três competições e tem ganhado o título de ídolo por partes dos torcedores. Aumentando ainda mais e prestígio, o atacante se igualou a Pelé ao marcar 40 gols em duas temporadas consecutivas.

Justamente diante do Santos, na Vila Belmiro, Germán Cano se eternizou ao lado do Rei. Nesta quarta-feira (29), o Fluminense bateu o Peixe por 3 a 0, com um gol marcado pelo argentino. Com o feito, o camisa 14 passou a fazer parte de um grupo seleto de jogadores que estufaram as redes adversárias 40 vezes. Para se ter noção da façanha do jogador tricolor, Pelé, Dinamite, Zico e Romário são uns dos poucos nomes a figurarem a lista.

Em contrapartida, essa marca não era atingida no Fluminense desde a década de 50, com Waldo. Sobretudo, o maior artilheiro da história do Tricolor das Laranjeiras anotou 48 gols em 1956, enquanto em 1957 estudou as redes adversárias em 40 oportunidades.

Cano não escolhe suas vítimas

Artilheiro que se preze não escolhe suas vítimas, apenas coloca em prática suas habilidades de faro de gol. Dessa forma, um dos principais jogadores do Fluminense não deixa a desejar e já vitimou 18 times da Série A na temporada 2023 com sua pontaria. Após a cravar mais uma vez diante do Coritiba, na vitória do Tricolor das Laranjeiras por 2 a 0, o argentino só deixou passar batido um clube.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Sobretudo, o Bahia é o único time que não sofreu gols de Germán Cano na temporada atual. Para se ter noção do feito do Tricolor de Aço, no primeiro turno o Fluminense venceu por 2 a 1, mas com gols de Lelê e Gabriel Pirani. Em contrapartida, no returno, a Arena Fonte Nova viu Everaldo marcar o único gol da partida, que garantiu os três pontos dos donos da casa. É válido destacar que no duelo em questão, o atacante argentino sequer esteve relacionado por Fernando Diniz.

Na temporada atual, Cano disputou 58 partidas entre Campeonato Carioca, Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão. Como resultado de seu empenho dentro das quatro linhas, o camisa 14 estudou as redes adversárias 40 vezes e colaborou com três assistências. Nesse ínterim, o atacante faturou o bicampeonato estadual e o primeiro título internacional da história do Fluminense.

Iara Alencar

Sou apaixonada por esportes, principalmente pelo futebol. Trabalho há cinco anos como redatora esportiva e publico matérias sobre as principais ligas da modalidade. Adoro escrever e estar por dentro de tudo que envolva o mundo da bola.
Botão Voltar ao topo