Últimas Notícias do Fluminense

Botafogo dá chapéu no Fluminense e John Textor se pronuncia

O atacante Luiz Henrique, jogaror revelado pela base do Fluminense, está de volta ao futebol brasileiro, mas desta vez para vestir a camisa do Botafogo, clube atualmente sob a gestão da SAF controlada pelo empresário norte-americano John Textor. A transferência do jogador, que estava no Real Betis, foi fechada por uma quantia significativa de 20 milhões de euros, aproximadamente R$ 106,6 milhões.

A mudança de Luiz Henrique para o Botafogo envolve um plano futuro de retorno ao futebol europeu, especificamente para o Lyon (FRA), também associado ao grupo empresarial de Textor. Contrariando especulações de que sua estadia no Botafogo seria breve, Textor esclareceu que o atleta permanecerá no clube alvinegro por um período mais extenso, disputando integralmente a Libertadores e demonstrando grande interesse em se destacar para alcançar uma convocação para a Seleção Brasileira.

“É uma especulação que, para mim, não faz nenhum sentido. Outros clubes estavam negociando com Luiz Henrique, mas não tinham a vantagem de garantir o retorno à Europa. Este foi um ponto chave, sim. Mas não foi o centro de nossa conversa”, comentou John Textor, ao jornalista Paulo Vinicius Coelho.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Luiz Henrique vai para o Botafogo

A motivação de Luiz Henrique em participar ativamente da Libertadores e seu desejo de conquistar grandes títulos foram pontos cruciais na negociação, conforme destacou Textor em entrevista ao blog do jornalista Paulo Vinicius Coelho (PVC).

O clube alvinegro tem pela frente desafios importantes na Libertadores, começando pela segunda fase e potencialmente enfrentando equipes como Aurora (BOL) ou Melgar (PER), além da possibilidade de disputar contra o Bragantino ou Águilas Doradas (COL) para avançar para a fase de grupos.

Luiz Henrique deixou no Flu um legado de 120 partidas, 14 gols e 14 assistências, incluindo um título Carioca em 2022. Sua transferência foi objeto de interesse de outros grandes clubes brasileiros, como Flamengo e Corinthians, mas foi o projeto do Botafogo sob a liderança de Textor que concretizou sua volta ao Brasil, surpreendendo a todos.

Alvaro Cunha

Completamente apaixonado por esportes, videogames e cinema. Acompanha diversas competições de futebol, futebol americano, corridas, golfe e outros esportes.
Botão Voltar ao topo