Últimas Notícias do Fluminense

Bomba: Cano pode encerrar ciclo pelo Fluminense nesta rodada

Não tem como falar do ano fantástico do Fluminense sem mencionar o artilheiro Germán Cano. O argentino, simplesmente, anotou 38 gols em todas as competições do ano com direito a 13 na Copa Libertadores. Em alguns momentos, inclusive, o atacante do Tricolor liderou o ranking mundial no quesito bolas na rede, porém, as estrelas europeias dispararam.

A nova missão de Germán Cano ainda tem um tempo até começar: marcar gols no Mundial de Clubes. O Fluminense só estreia no dia 18 de Dezembro pela Semifinal e o adversário não está definido. Enquanto isso, o artilheiro do Tricolor pode aproveitar as últimas rodadas do Brasileirão para acumular gols. O próximo compromisso é neste sábado, a partir das 21 horas, contra o Coritiba no Maracanã.

O duelo, aliás, decretaria o fim de ciclo de Germán Cano com a camisa do Fluminense caso role uma bola na rede. O atacante nunca balançou as redes diante do adversário deste final de semana. Em três confrontos desde a chegada às Laranjeiras, o argentino viu sete gols na meta do Coritiba, mas nenhum dele mesmo. Paulo Henrique Ganso anotou dois, assim como William Bigode, e Jhon Arias, Nathan e Caio Paulista marcaram os outros.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

E aí Scaloni?

Apesar do ótimo desempenho com a camisa do Fluminense, Germán Cano não recebe oportunidades para representar a Seleção Argentina. O treinador Lionel Scaloni, campeão da Copa do Mundo no Qatar em 2022, por enquanto, parece não vislumbrar o artilheiro.

O que é um absurdo, pois Germán Cano é quem mais balançou as redes entre todos os convocados pelo comandante da Seleção Argentina desde 2022. O artilheiro do Fluminense tem 81 gols, à frente de Lionel Messi (63), Lautaro Martínez (60), Julián Alvárez (43) e o restante…

Fábio

Apaixonado por futebol desde os primeiros passos, sou mais um dos que tiveram o sonho de se tornar jogador interrompido por lesões (é verdade, operei o LCA duas vezes), mas também, claro, por outros inúmeros motivos. Tento, no Jornalismo, manter o meu contato com o esporte que amo com uma escrita diferenciada e única.
Botão Voltar ao topo