Últimas Notícias do Fluminense

Atualização: Samuel Xavier está fora do Mundial de Clubes?

O torcedor do Fluminense foi ao desespero no meio da semana quando viu o lateral-direito Samuel Xavier deixar o gramado do Maracanã chorando. O Tricolor enfrentava o São Paulo e o jogador teve de ser substituído após acusar uma lesão no joelho esquerdo. Os dias se passaram e o Departamento Médico, enfim, deu uma atualização.

A situação de Samuel Xavier não é tão simples quanto o esperado, porém, a ruptura está descartada. O lateral-direito passou por exames durante a semana e os resultados deram esperanças ao treinador Fernando Diniz em relação à participação no Mundial de Clubes. O Fluminense estreia no dia 18 de Dezembro, ainda sem adversário definido, na Arábia Saudita. Ou seja, é quase um mês disponível para a recuperação.

O que também se torna uma responsabilidade ao próprio Samuel Xavier. O lateral-direito terá de trabalhar duro nas Laranjeiras em busca de ficar à disposição do treinador Fernando Diniz no Mundial de Clubes. Enquanto isso, o comandante trabalha (e torce contra uma lesão) com Guga como alternativa. Contratado para 2023, o ex-Atlético Mineiro não comprometeu nas últimas atuações.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Brasileirão em disputa

O primeiro compromisso sem Samuel Xavier no banco de reservas é neste sábado, às 21 horas, pelo Brasileirão. O Fluminense recebe o Coritiba no Maracanã em busca de fortalecer a preparação de olho no Mundial de Clubes. O adversário está recheado de reservas e, muito provavelmente, será uma presa fácil aos comandados de Fernando Diniz.

O Coritiba não terá, por exemplo, os dois atacantes titulares (Robson e Slimani), os zagueiros Reynaldo e Henrique (ex-Fluminense), o meio campista Marcelino Moreno e o goleiro Gabriel Vasconcelos. Oportunidade interessante para Germán Cano, enfim, marcar um gol contra o clube paranaense. O artilheiro ainda não balançou as redes do adversário com a camisa do Tricolor.

Fábio

Apaixonado por futebol desde os primeiros passos, sou mais um dos que tiveram o sonho de se tornar jogador interrompido por lesões (é verdade, operei o LCA duas vezes), mas também, claro, por outros inúmeros motivos. Tento, no Jornalismo, manter o meu contato com o esporte que amo com uma escrita diferenciada e única.
Botão Voltar ao topo