Últimas Notícias do Fluminense

André Rizek crava que manutenção de Diniz na Seleção Brasileira é “burrice”

Em vídeo publicado na aba do programa Seleção Sportv, no site do portal Globo Esporte, o jornalista André Rizek deu uma declaração polêmica.

O apresentador do Seleção Sportv pediu calma aos torcedores que se empolgaram com a boa exibição da Seleção Brasileira na estreia do técnico tricolor Fernando Diniz.

Muitos torcedores, animados com a goleada, questionaram se seria mesmo necessária a chegada do italiano Carlo Ancelotti, técnico do Real Madrid (Espanha); e se não seria melhor apostar em uma solução caseira, efetivando Diniz no cargo.

Rizek questiona manutenção de Diniz como técnico da Seleção Brasileira e pede por Ancelotti

No vídeo, Rizek faz questão de frisar que admira o trabalho de Diniz, mas acredita que o currículo de Ancelotti não possa ser desconsiderado. O italiano é um dos técnicos mais vitoriosos da história do futebol.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Rizek pede que os torcedores não se empolguem tanto com a goleada contra a Bolívia, já que o Brasil nunca teve muitas dificuldades nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, independente do técnico ou do elenco.

Ele relembrou que o próprio TIte, comandante da Seleção na última Copa do Mundo, já havia comandado a pentacampeã em uma goleada contra os bolivianos.

“Portanto, não quero fiscalizar a emoção de ninguém. Maravilha que o Diniz esteja recuperando a nossa alegria, e que o Brasil volte a ser, pós-Copa do Mundo, uma Seleção que alegre os brasileiros. Bacana. Mas daí a abrir mão de alguém com o currículo do Carlo Ancelotti, eu espero que a gente, opinião pública e a CBF, não cometa essa, com o perdão da palavra, burrice”, completou Rizek.

Pedro Sosa

Estudante de cinema que ama filmes e ainda não se encontrou na área, também apaixonado por futebol e pelo Fluminense. Grande admirador de cineastas disruptivos e que desaprovam o cinismo, e também obcecado pelas canhotas mágicas dos camisas 10 que desfilam nos gramados; ou seja: fã de Jean-Luc Godard e Lionel Messi.
Botão Voltar ao topo